Assine a nossa newsletter | Receba insights sobre Transformação Digital

Guia introdutório ao AWS Lambda

AWS Lambda

Antes de começarmos, precisamos entender o que é Serveless

As aplicações mais modernas são desenvolvidas primeiramente sem servidor (serveless), essa estratégia prioriza a adoção de serviços na ausência de servidores para que haja mais agilidade em toda a pilha de aplicações.

Dessa forma, sem servidor é uma maneira abrangente de descrever os serviços e práticas mais ágeis, com inovações que respondem às mudanças com mais rapidez.

Afinal, o que é o AWS Lambda?

É um serviço de computação serveless que permite executar códigos sem provisionar ou gerenciar servidores. Com o Lambda, sua empresa poderá executar o código para praticamente qualquer tipo de aplicação ou serviço de back-end. O Lamda aloca de maneira automática e precisa o poder de execução de computação ao executar seu código com base na solicitação ou evento de entrada.

E como funciona o AWS Lambda?

Como funciona o AWS Lambda
Fonte: AWS Lambda
  • Carregue o seu código para AWS Lambda ou escreva o código no editor de código do lambda.
  • Configure seu código para acionar de outros serviços da AWS, HTTP endpoints ou atividade no aplicativo.
  • O Lambda executa seu código apenas quando acionado, use apenas os recursos de computação necessários.
  • Apenas pague pelo tempo de computação que você usa.

Principais benefícios do AWS Lambda

Menos código

O gerenciamento de rotas, assim como as conexões com o banco de dados são delegadas para outros serviços como um API Gateway, sendo configuradas fora do seu código.

Escalabilidade e custo reduzido

Com o Lambda é possível escalar automaticamente sua função para atender um número maior de clientes. Como a AWS é a responsável por gerenciar a infraestrutura, é possível delegar responsabilidades sem alocar mais servidores. Com o Lambda não é preciso pagar por recursos ociosos, aumentando sua economia.

Performance

Com o Lambda é possível construir aplicações baseadas em pequenas funções, de responsabilidade única iniciada a partir de eventos.

Quando usar o AWS Lambda em vez do Amazon EC2?

Vamos entender suas diferenças: o Amazon EC2 oferece flexibilidade, com uma grande variedade de tipos de instâncias e a opção de personalizar o sistema operacional, as configurações de rede e de segurança e toda a pilha de software, permitindo mover facilmente os aplicativos existentes para a nuvem. Assim, você é responsável pelo provisionamento de capacidade, monitoramento da saúde e do desempenho da frota e por projetar tolerância a falhas e escalabilidade.

O AWS Lambda facilita a execução de código em resposta a eventos, como alterações nos buckets do Amazon S3, atualizações em uma tabela do Amazon DynamoDB ou eventos personalizados gerados por suas aplicações ou dispositivos. Com o Lambda, você não precisa provisionar suas próprias instâncias, o Lambda faz todas as tarefas operacionais e administrativas em seu nome. O AWS Lambda oferece escalabilidade fácil e alta disponibilidade para o seu código sem esforço adicional da sua parte.

Preços do AWS Lambda

Como já dissemos, você paga apenas o que utiliza com o AWS Lambda, sendo assim, os custos são referentes ao número de solicitações de suas funções e pela duração, ou seja, o tempo que leva para que seu código seja executado.

Existe um nível de uso gratuito do Lambda, que inclui 1 milhão de solicitações gratuitas por mês e 400 mil GB/segundos de tempo de computação por mês. Já seus planos pagos dependem da quantidade de memória que você alocar para sua função. Exemplo:

Preços AWS Lambda
Fonte: AWS Lambda

No site da AWS é possível utilizar uma calculadora e ter uma noção de preço pelos serviços adquiridos. Confira aqui.